• Fotobiblio1
  • Fotobiblio2
  • Fotobiblio3
  • Fotobiblio4
  • Fotobiblio5
  • Fotobiblio6
  • Fotobiblio7
  • Fotobiblio8

INFORME DA COORDENAÇÃO n. 5/2018

Estágio Supervisionado I e II

Caras e caros estudantes de Biblioteconomia

A fim de cumprir normativas legais, as disciplinas Estágio Supervisionado I e II passarão a ser ofertadas por todas e todos professores, com limite de 6 vagas para cada docente em Estágio I e 7 vagas para cada docente em Estágio II.

Dessa maneira, a oferta aparecerá por turmas A, B, C e assim sucessivamente, associadas aos nomes de docentes. Os procedimentos, formulários e carga horária não sofrerão alterações.

Atenciosamente,

Profa. Fernanda Moreno

Coordenadora do Curso de Biblioteconomia

INFORME DA COORDENAÇÃO n. 4/2018

Mudança de disciplinas no fluxo

Caras e caros estudantes de Biblioteconomia

Segue informe sobre ajustes de disciplinas, em função de decisão do Colegiado de Biblioteconomia, Conselho da Faculdade de Ciência da Informação, Análise Técnica da Secretaria de Administração Acadêmica (SAA) e aprovação pela Diretoria Técnica do de Decanato de Graduação (DEG).

A disciplina Controle Bibliográfico (182541) deixa de ser obrigatória, passando a ser optativa, sendo substituída por Análise da Informação (182401), ofertada pela Biblioteconomia em duas turmas.

As disciplinas CATALOGAÇÃO (182052), BIBLIOGRAFIA (182036), CLASSIFICAÇÃO (182079) e INDEXAÇÃO (182630) passam a ter como pré-requisito Análise da Informação OU Controle Bibliográfico.

Assim, para as/os estudantes:

No FLUXO, que ingressarão no SEGUNDO PERÍODO, a disciplina obrigatória passa a ser Análise da Informação.

No FLUXO, que ingressarão no TERCEIRO PERÍODO, o pré-requisito para cursar as disciplinas Catalogação e Bibliografia foi cumprido e devem matricular-se também em Análise da Informação.

Para as/os estudantes FORA do fluxo E/OU REPROVADOS na disciplina Controle Bibliográfico devem matricular-se também em Análise da Informação.

Atenciosamente,

Profa. Fernanda Moreno

Coordenadora do Curso de Biblioteconomia